Seja nosso parceiro

Você tem um blog, com conteúdo Gay e quer ser nosso parceiro???Não importa o tamanho do seu blog, pequeno ou grande, famoso ou anonimo todos são bem vindos desde que se enquadrem nos termos de parceria. Para ser nosso parceiro é muito simples, veja as regras para ser nosso parceiro AQUI e se concordar com os termos envie um e-mail para Omegagay@ymail.com com o assunto PARCERIA.

Obs: Respondemos a TODOS os e-mails...

O rapaz do bate papo

0 comentários

Vou fazer uma breve apresentação: me chamo Danilo, 35 anos branco tipico gordo ou urso como prefiram, 1,73m de
altura e 110kg.
Estava teclando no bate papo hoje pela manhã (28/03) quando um rapaz casado de outro município da grande SP
me chamou, dizendo ser casado, 30 anos, 1,75 de altura 75kg. Vim a constatar mais tarde que o mesmo tinha um
físico bem gostoso com poucos pelos e um peito ainda razoavelmente grande por ter malhado algum tempo.
Fui buscá-lo proximo a minha casa e chegando o mesmo (que vou chamar de Leandro) ficou muito acanhado e até
nervoso dizendo que só havia saido umas 5 vezes com outros homens.
Tomei a iniciativa e fui pra cima dele no sofá da sala mesmo e que surpresa, o Leandro tinha uma rola de uns 19 cm
e bem grossa.
Ficamos nos sarrando no sofá durante algum tempo e logo nos viramos pra fazer um 69 muito bom. Aproveitei e já
comecei a fazer o que mais gosto... explorar o cuzinho do meu amigo com o dedo.
Com o tesão fomos pra cama e o rapaz até então um pouco timido se transformou e virou um puto safado que é
chegado nuns tapas!
Pedindo para bater em sua bunda com tapas cada vez mais fortes e a cada tapa eu o via ficar mais excitado. Ele se
masturbando e eu dando tapas em sua cara e em sua bunda num lance cada vez mais forte.
Posicionei ele de 4 na cama e comecei a explorar seu cuzinho apertadinho enquanto ele se masturbava e eu
continuava batendo nele com a outra mão, coloquei mais um dedo e brincava dentro dele até que quis fazer algo um
pouco diferente.
Joguei ele de barriga pra cima e montei em cima dele, prendi seus braços e me posicionei sobre sua rola que a essa
hora já estava apontando pro teto... a cada tapa na cara dele pedia pra ele brincar como se fosse me foder até que
não aguentei e cheguei perto de seu rosto e coloquei minha rola na boca dele pra ele mamar mais um pouco.
Já estava chegando ao ápice do tesão com toda essa situação inusitada para mim e eu quase gozei com ele me
mamando na cama. Novamente mudamos de posição e me apoei de costas numa parede e o trouxe junto a mim e
comecei a mamar o pauzão dele da mesma forma como ele havia feito comigo até então. Estava com tanto tesão,
que me masturbava enquanto dava um trato naquele pau gostoso até que gozei em nossos pés e ele despejou uns 4
jatos de leite em meu peito.
Depois de gozar muito gostoso fomos tomar um banho rápido que o telefone dele já estava dando sinais de que a
esposa dele havia ligado. Nos despedimos com a promessa dele voltar para apanhar um pouco mais do ursão aqui.


Comendo o amigo de mamãe...

0 comentários

Bem, continuando meus relatos, trago para vc uma foda inusitada a com um colega de trabalho de minha mãe.
Em plena sexta feira ao chegar do trabalho aproximadamente 21:20 recebo uma ligação da minha mãe, informando
que havia saído com algumas colegas e que um colega dela havia indo para o ensaio de uma quadrilha e em seguida
viria dormi aqui em casa, e pedido para eu tomar cuidado que ele era muito gaiato e poderia ficar dando em cima de
mim (nessa altura minha mãe já sabia que curtia homem), eu falei para ele ficar tranquilo.
Mais ou menos umas 22:40 escuto alguém chamando no portão e em seguida minha mãe me liga dizendo que o
colega dele estava na frente de casa para eu abrir o portão.
Eu estava em casa só, de cueca box, me vendo alguns vídeos no soloboys.tv me veio logo aqueles pensamentos
pecaminosos, mais coloquei uma bermuda e fui abrir o portão, como nunca tínhamos nos visto, eu me apresentei e
em ele fez o mesmo, entramos orientei ele aonde estava as comidas caso tivesse fome e voltei para o meu quarto e
ele foi tomar banho.
Alguns minutos depois, para fazer aquela social, fui até o quarto de visita aonde ele estava vendo tv, e mexendo no
celular, so que fui apenas de cueca, como malho tenho um corpo legal, tem um cacete d 19cm então tem um certo
volume.Batemos alguns papos, me deitei na cama que ele estava e ele olhava e parecia não acredita no que eu tava
fazendo, mais vi que não ia passar disso então voltei para o meu quarto e fico vendo tv.Lá para 12:00 minha mãe
chega com com outro colega, que por sinal também é gay, minha mãe adora amigos gay, na no fundo não suporta a
idade de eu curtir homem (por isso? mãe é um onda mesmo, se ajeitaram e foram dormi, de repente, meu celular
recebe uma mensagem, era o colega da minha mãe que eu havida dado o maior mole dizendo:
Paulo:Não sei se entendi errado, mais me contive para não te atacar, e agora to arrependido de não ter feito nada.
EU:entendeu nada errado, mais ainda é tempo de fazer alguma coisa, vou abrir a porta do meu quarto.
Nisso, meu cacecete ja estava a ponto de bala, pelo tesão, e pela adrenalina de minha esta no quarto praticamente
de frente para o meu.
Ele entra e logo começamos a nos beijos, ele é um galego, com uma corpo sarado e um bunda que dar inveja a
qualquer uma, nos beijos roçamos e logo me deitei na cama para que ele me chupasse.
Porra que baco, o cara chupava com pouco, começou sugando a cabeça, foi descendo ate minhas boles e começou a
chupar meus ovos, eu me contendo para não gemer algo, comecei a fuder a boca dele, puxando pelos cabelos,
passando o dedinho naquele rabo que estava me deixando louco, levantei e coloquei ele encostado na parede, fui
lambendo todo o sue corpo até chegar no seu rabo, comecei a chupa-lo, a morde, e via ele se contorcendo,enquanto
eu fudia seu cu com minha lingua, que rabo gosto, meu papau ja estava babando, doido para fuder aquele rabo, de
repente, me levando e de uma so vez enfio o meu pau todo no rabo daquele puto, tirando ele um gemido um pouco
algo, paramos para ve se alguem havia ouvido, e com meu cacete dentro daquele cu, quete e apertado, comecei um
vai e vem devagar, beijando o pescoço dele, orelha, ate começa com ritimos mais fortes, e mais freneticos, ele pedia
mais e mais, rebolava, gemia, alguns momento pedia para eu para que estava doendo, mais eu não me continha, a
sensação de a qualquer momento ser pego pela minha mae, me deixa mais excitado, ficamos alguns tempo
assim,sento na cama e ele passa a cavalgar no meu cacete, ja não aguentava mais, precisava gozar, o puto sentiu
isso e passou a contrair o rabo no meu cacete, a rebola, mais e mais, e pedi porra,ate que acabei gozando dentro
dele, ficamos quieto por alguns instante ao fui ao banheiro me limpa.
Cada um foi para o seu quarta e ate hj quando vem aqui em casa nem que seja uma chupava eu ganho....
espero que gostem, depois relato, o dia em que comi também o namorado dele aqui em casa..
abraços.

E você tem alguma história legal para compartilhar??? Já sabe é só enviar para o email Omegagay@ymail.com e publicaremos aqui no blog


O musculoso pauzudo do shopping

0 comentários

Como eu e o namorado já tínhamos planejado ir do interior pra São Paulo para passar o final de semana e eu já estava em São Paulo a trabalho desde quarta, resolvi ficar em São Paulo e encontrar ele.
Meus trabalhos se encerraram na sexta por volta das 14hs, decidi então ficar esperando o meu namorado no shopping que ficava ao lado do hotel, o mesmo shopping e no dia anterior vi pelo Grindr que tinha vários machos safados que iam lá para caçar.
Fiquei espiar no Grindr, mas foi caminhando pelo shopping que eu achei o que queria. Cruzei com um rapaz moreno claro, cabelos pretos, alto, bem vestido e musculoso, dei uma encarada, ele me encarou também e quando ele olhou pra trás eu já dei um piscadinha com o olho.
Ele me deu sinal com a cabeça para segui-lo, e eu louco de tesão não medi as consequências e fui atrás do cara.
Nos posicionamos no mictório, um ao lado do outro, quando do nada o cara pegou no meu pau e deu uma
punhetada, ele me deu sinal para eu entrar no privativo e sentar no vaso sanitário. Ele já entrou no privativo com o pau meia bomba e enfiou na minha boca, e eu chupei gostoso, logo aquele pau grande e grosso já estava totalmente duro.
Fiquei chupando o cara um bom tempo, até que ele perguntou se podia gozar na minha boca. Eu disse que não, então, ele perguntou onde eu queria que ele gozasse, eu disse que poderia ser no peito.
Tirei a camisa, continuei a chupar aquele pau enorme que tava latejando, e quando ele deu sinais de que ia gozar eu tirei o pau da boca e ele jorrou a porra no meu peito.
Ele me limpou, eu me vesti e saímos do banheiro como se nada tivesse acontecido. Ele me mostrou a loja em que trabalhava, então, passei ir sempre ao shopping e chupar meu amigo, cheguei a ir 4 vezes numa única semana.
Um dia, estava com meu namorado, trombei com o cara, fiquei meio desesperado, mas como eu tinha dito que namorava passei e não cumprimentei o tal amigo que dava mamadeira pra mim toda vez que eu ia aquele shopping.
Mas quando eu estava na praça de alimentação com meu namorado vi este cara indo ao banheiro, disse ao meu namorado que precisava ir no banheiro.
Me posicionei no mictório ao lado do gostosão, quando ele me viu pediu que eu entrasse no privativo, mas achei arriscado e disse que tava com o namorado, mas ele insistiu, eu entrei e dei uma chupadinha e logo saí.
Ainda vou nesse shopping, ou o meu amigo está de férias, ou ele não trabalha mais lá.

E você tem alguma história legal para compartilhar??? Já sabe é só enviar para o email Omegagay@ymail.com e publicaremos aqui no blog


Sexo na Carreta no Patio do Posto.

0 comentários

Ola vou relatar um fato acontecido comigo a muito pouco tempo atrás...Sou encarregado dos motorista da empresa onde trabalho por conta sempre fico com Nextel celular ligados 24hrs principalmente quando os motorista estão viajando, pois nesse era 04:00 o meu Nextel bipou era um dos motorista havia acabado de sair da empresa e parou em um posto muito próximo daqui um pouco pra frente de Cravinhos quando ele foi retornar a viagem chave do caminhão quebrou na maçaneta sem outra opção ele me ligou para levar a chave reserva pra ele fiquei puto mas enfim faz parte do meu trampo, quando cheguei ele estava conversando com um outro caminhoneiro de outra empresa o cara era o cara moreno uns 40 anos alto meio fortinho de barba rala de boné numa calça meio apartada dei umas olhada nele e acho que ele percebeu dai tentei desfarça mas ele era é tesão ta dificiul, depois de um tempinho peguei ele na maior cara de pau olhando na minha bunda depois olhou pra mim apertou o pau e foi pro banheiro dei a chave pro meu motorista e ele segiu viagem e adivinha fui pro banheiro.Quando chego la só estava ele no banheiro desfarçando jogando agua na cara e tal passei por ele e fui no mictório.Ele: Essa coisas é foda né pra vcs encarregados né estava em casa de boa teve sair correndo pra ajuda ele. “E deu risada”Eu: Isso é normal acontece ainda bem que ele tava perto.E nisso veio vindo pra onde eu estava.Ele: Sua mulher deve ficar brava. (ele deve ter concluído isso por conta da minha aliança)Eu: Foi ela quem me acordou pq eu nem escutei o radio tocarNisso ele parou do meu e começou a..... e de olho no meu derrepente ele soltou a seguinte:Ele: Caralho veio esse pau deve fazer um regaço nela (E deu risada)Eu só dei risada e fiquei meio sem graça Ele: Se bem que vc tem uma bundinha boaEu: Para mano vc fica reparando bunda de homem. E dei uma risadinhaEle: AH! Para cara eu vi muito bem as olhadas que vc me deu o tempo todo vc estava me desejando descaradamente acho que o seu motorista deve ter percebido tbm.Nesse momento meu pau já estava duração Ele: Deixa que eu balanço ele pra vc.Pegou no meu pau e começou a punhetar e pediu pra eu entra no reservado do banheiro falei que não dava que ali era problema que eu sou um cara casado ele disse que tbm era mas que o tesão dele era maior eu disse que era muito conhecido se pegam a gente ali to lascado, ele por sua vez sugeriu que fossemos ate a carreta dele fiquei com medo mas o tesão era maior e nessa horas já era 5:30 da manha já esta começando a clarear.Ele: Vou entra na carreta dai uns 05 minutos vc vai e entra vou deixa a porta aberta me passa seu radio quando tiver pronto eu te aviso e vc vai ok, pode ficar de boa que aqui nesse posto tranquilo eu to sempre por aqui.Eu não respondi nada mas passei meu radio e entrei no carro cheguei a dar partida pra ir embora mas seria muito chato deixar o cara la esperando e outra eu estava babando de tesão por ele então deliguei o carro e esperei ele chamar quando ele chamou eu falei pra ele esperar depois de uns 5 min eu tive coragem de sair do carro e ir pra carreta dele. Cheguei perto olhei pros lado e entrei na carreta quando vi ele só de cueca e de camisa cara pirei já comecei a tirar a minha roupa tbm e fui pra cama da carreta onde ele estava e ele já foi tirando cueca camisa ficou caralho nunca tinha um homem tão tesudo macho másculo como aquele que peito lindo com pelos meio que aparados o pau dele igual e ele já foi metendo a mão na minha bunda e eu disse...Eu: Cara vai com calma pq na minha bunda vc não por esse pau de jeito nenhuma mas quero muito mamar ele cara seu pau é lindo perfeito.Ele: Mas eu não vou te comer com meu pau quero te comer com minha língua quero chupar seu cu beija essa bunda de mulata de carnaval que vc tem. Nisso fali pra ele quero chupar seu pau primeiro começamos e fazer um meia nove cara que delicia de pau fiquei doido ele não sabe chupar muito bem mas ficou doido com minha chupeta isso eu sei fazer muito bem chupei uma tanta ele disseEle: Para que eu gozar não quero gozar agora, vai fica de 4 poe essa bunda na minha cara.Ele se sentou e eu coloquei a minha bunda ele beijava lambia dava umas mordidas de leve pediu pra me comer mas eu falei que não curtia ele insistiu muito mas não dei e teve que se conter com as lambidas chupadas que dava na minha e eu delirava de repente o celular dele tocou gelei cara com medo de ser alguém que tivesse do lado de fora mas era a mulher falando que ia trampa e ele disse a ela que estava acordando aquela hora e ligava pra ela depois e continuamos a nos pegar ele pediu um bjo na boca meio sem graça dei um selinho.Ele: Assim não quero quero bjo de homem com língua e muita vontade vem que eu quero agora.Puxou minha cabeça e começou cara foi o melhor de toda minha vida ficamos bjando e nos punhentando dai pedi pra ele deixar eu comer o cu dele ele disse que só seu eu desse o meu eu disse que não ele que não tbm mas que poderia brincar na porta do cu ele dpois de alguns minutosele disse vou gozar parei de brincar no cu dele e ele me punhetou ate eu gozar cara quase desmaiei de tanto gozar. Algum tempo após nos arrumamos dai em seguida sai nos falamos quase sempre pelo radio ele me conta o que anda aprontando tamo doido pra transar de novo em algum outro posto ou motel fizemos sexo por tel umas 2 vezes, ele ainda insiste em me comer mas não da o pau dele é muito grosso. Espero que gostem da minha experiência to louco pra realizar outras de preferencia com caminhoneiros que são meu sonho de consumo dentro outros claro. Um forte abraço ate uma outra dessas. Ficha do ContoEscritor: tommoreno Nome do conto:Sexo na Carreta no Patio do Posto.Codigo do conto:44316Categoria:GaysData do Envio:13/03/2014Quant.de Votos:0Quant.de Fotos:1Compartilhe  


Praticamente estuprado

0 comentários

Fudi com o titio
Bom gente primeiramente estou muito nervoso pois e o meu primeiro conto sou universitario sou loiro tenho 18 anos
tenho 1,77 de altura bom vamos ao que entereca:
meu tio se chama francisco ele mora com minha familia digamos que eu tinha tara pelo meu tio pois bem meu tio e
branco mais ou menos 1,65 de altura sempre escultei boatos que meu tio era gay mas nunca levei isso a serio e
tambem nao procurei saber. Em um dia fui a faculdade terminei minha aula voltei para casa ao chega em casa ja
passava das sete da noite   quando fui tomar banho quando ja no banheiro resolvo bater uma pensando no meu
namorado quando gozei me sentei no chao quando putz esquerci de tranca a porta e meu tio entra no banheiro fiquei
sem reacao na hora meu pau 19 cm baixou na hora tentei esconde-lo ele nao disse nada fechou a porta e saiu i eu
fiquei rindo da situacao tomei o meu banho normalmente passei direto pro meu quarto me arrumei e sair com minha
amiga mas nao deixei de pensa no ocorrido mas resolvo volta para casa quando chego em casa meu tio me chama
no quarto dele:
-samuel vem aqui
-ja to indo respondi ao meu tio quando entrei
-pow samuel voce tem que ter mas cuidado quando for tomar banho ja penso se entra outra pessoa no banheiro o
que irria pensa:
-mas tio voce que eo culpado por nao ter batido na porta;
-mas samuel ja aconteceu entao isso nao pode se repitir
-entao tah tio me desculpa;
mudamos de assunto e meu tio me pede um filme emprestado vou ao meu quarto pega e resolvo que vamos assisti o
filme juntos quando digo a ele que vou fazer pipoca para nos e fui quando volto me choquei com a cena que eu vir eu
peguei um filme porno gay que tava dentro da capa errada e meu tio com olhos fixado na tv ai entro:
-tio nao e esse filme peguei o filme errado:
-nao deixe esse mesmo sempre tive curiosidade de ver como e dois homens fudendo
sentamos assistimos ao filme quando num determinado momento notei um volume enorme debaixo dos lencois da
cama
-xiiii tio acho que alguem quer pular pra fora pra assisti com agente:
-ele nao quer so assisti ele tambem quer brinca:
quando derrepente solta pra fora um kcete de 21 cm nossa me assustei e grosso cabeca bem rosadinha e depilada
nao esperei nada cair de boca ele so gemia e gemia e dizia putaria me chamava de puta piranha rapariga chupava
suas bola ate seu cuzinho passei uns 5 minutos chupando quando resolvemos fazer um gostoso 69 eu gemia que
lingua delicioso chupou tanto meu cu que nao aguentei gozei em seu peito passarao uns 20 minutos e coloca a
cabeca do seu kcete na portinha do meu cu e aquilo foi me invadindo minhas entranhas senti um pouco de dor mas
logo passou e se tornol prazer ate que ele comeca um delicioso vai e vem fizemos todas as posicoes possivel ate que
ele nao aguenta mas e goza litros de gala no meu cu ai que delicia aquele leitinho quente dentro de mim ele tira seu
pau dentro de mim e sua gala escorrei pelas minha pernas ele do nada vem e diz
-agora e sua vez de goza minha putinha e comeca a chupa meu pau depois de uns 5 minutos gozei litros fui tomar
banho ai ele entra no banheiro e fudemos denovo la tomemos banho e fui dormi com a esperaca de fuder com meu
tio novamente:na manha seguinte acordamos e nao tocamos no assunto
espero comentarios sou de fortaleza se voce gosta de fuder um novinho entre em contatos comigo garanto que voce nao vai se arrepender


Dando pro mecanico

0 comentários

Hoje vou falar de quando dei para o mecanico que veio arrumar a descarga do meu banheiro. Eu estava sozinho em casa e o interfone tocou, estava como sempre fico em casa de cueca samba canção porque eu uso como se fosse um short, eu fui e abri o portao, e ele entrou, logo nao pude deixar passar despercebido que ele era bem musculoso e estava sem cueca pois notei uma coisa MUITO grande balançar no meio de suas pernas. Ele me perguntou onde que
era o banheiro, eu levei ele até la e chegando la eu fui mostrar onde estava o problema e tive que abaixar entao minha bunda ficou enpinada e ele falou que nao estava vendo nada entao ia para o outro lado entao encostou seu pau na minha bundinha, logo percebi um volume . Entao quando ele sabia onde estava o problema voltei para meu quarto, 2 minutos depois ele foi me perguntar onde tinha agua pois ele estava com muita sede, levei ele até a cozinha e chegando la fui pegar agua para ele e "sem querer" derrubei agua bem no seu pau, logo me desculpei e fui pegar um pano e começei a esfregar o pano em seu pau e percebi que algo endureceu, e fui fazendo movimentos de punheta, ele começou acariciar minha cabeça entao levantei e começei beija-lo e falei para irmos para meu quarto.
chegamos la eu joguei ele na cama e começei abrir seu macacão e aquela tora saiu e bateu em minha cara, começei a lamber, chupar, fazer de tudo e chupei aquele pau delicioso até ele gozar entao falei para ele me comer ele falou
que tudo bem, tirei minha roupa e ele começou lamber meu cu, aquilo foi uma delicia e logo depois ja começou a enfiar a cabeça de seu pau no meu cu logo ja estava metendo com força e me dizia coisas no meu ouvido do tipo :
"vai vadia" "da esse cu gostoso vai" "assim se vai me matar" "da pro papai vai " e gemia , até que ele gozou e foi muito bom , depois ele arrumou meu banheiro e antes de ir embora me deu alguns beijos deliciosos.
E é isso espero que gostem , bjssss


O filho do diretor

0 comentários

Olá pessoal estou aqui de novo agora vou-lhes contar uma coisa que aconteceu comigo de verdade.
Meu nome e Bruno Gutierres vamos ao que interessa eu tava faltando quase todas as semanas no colégio pois eu
precisava botar minha cabeça no lugar então o diretor do meu colégio estava me chamando na sala e eu realmente
não tava com para agüentar ele falar
- Bruno você pode repetir de ano se não começar a melhorar.
- Ta e o que eu tenho que fazer?
- Meu filho e professor particular eu posso pedir para ele te ensinar para que consegue notas para passa-tes de ano.
- Por mim tudo bem.
- Tudo bem na quarta?
- Por mim tudo bem.
Encerramos a conversa chegando quarta fui pra casa do filho dele. Cheguei lá toquei a campanhia e ele atendeu
tomei um susto ele tinha 20 anos tinha 1,85 m, 86 kilos barriga tanquinho definida linda cabelo louro claro olhos
verdes tinha um lindo sorriso branco aquele perfume masculo.
Fiquei 2 minutos.aéreos ele me recebeu só com um shortinho de futebol fiquei com vergonha e ele percebeu.
- Olá meu nome e Bruno Gutierres seu pai falou que você e professor particular?
- Sou sim meu nome e Vittor Hutch entre ai me desculpa pelo o jeito tava jogando futebol.
- Nds não vamos começar?
Enquanto estudamos não parava de olhar para ele eu acho que ele percebeu e começou a mexer no pau que começou
a da vida pois o short era branca e pequena ele percebeu e disse.
- Quer pegar no meu pau?
Eu instintivamente peguei comecei a punhetar depois tirei pra fora e comecei a beijá-la e tinha uma rola linda 23
centímetros branca perfeita comecei a lambe-la eu conseguia ouvi-lo gemer comecei a colocar tudo na boca e lambia
lentamente provocando enfia tudo na boca e ele pediu para eu tirar a roupa tirei todinho a gente beijava mais o beijo
tinha tinha pegada ele me colocou de 4 e começou a lamber meu cuzinho e eu gemia contorcia de prazer e pedi para
ele me comer logo pois não tava aguentando mais então colocou seu pau na portinha do meu cu e começou a meter
tudo e eu gemia contorcia de prazer depois me colocou de frango assado e meu comeu por 10 minutos ele me comia
freneticamente por final gozou no minha boca a gente se deitou exsalsto e ele me beijava suavemente depois tive que
ir pra casa a gente namorou por mais dois anos até que ele teve que se mudar para inglaterra.
Obg espero que tenham gostado.


O casado dotado de 23 cm me fudeu

0 comentários

Era uma terça feira a mais ou menos uns tres anos atras eu estava voltando da casa de uma amiga e dei uma
passada no mercado para utilizar o banheiro e ao entrar avistei um cara moreno super dotado mijando naum resisti
e fiquei olhando aquela vara imaginando minha boca nela o cara oercebeu q eu estava olhando e rapidamente
guardou seu membro e foi lavar as maos eu meio sem graça tabem fui lavar minha mão e ao sair do banheiro fiquei
olhando pra tras para ver se o cara estsva saindo e fiquei olhando ate ele sair ele saiu entrou no mercado e eu
fiquei louco pra chupar aquela vara e comecei a seguir ele pelo mercado e quando ele foi pro caixa fiquei atras dele
e ele estava com uma cara de bravo. Ele passou as compras dele e eu as minhas. Ao descer a escada rolante fiquei
vem perto dele . Ate q ele virou pra mim e falou cara oq vc quer atras de mim eu fiquei sem resposta e com um
pouco de medo falei com uma voz timida nada e olhando pra a calsa dele imaginando aquele pau na minha boca. Ai
ele foi pro carro dele e du estava andando pois morava perto do mercado estava na saida do mercado ele parou o
carro e disse entra ai eu jah sei oq vc quer ai eu entrei e ele falou vc quer ser fudido .? Eu respondi sim entao ele
me levou pra casa dele ja foi tirando a calça e mandando eu mamar pra ele crescer na minha boca ai eu chupando
o pau dele eenorme 23cm aproximadamente e ele me chamando de putinha safada estava me deixando loco de
tesao ele me virou e falou sua vagabunda vc queria rola entao vira essa bunda q vou meter com força ai eu virei e
ele deu uma cuspida no meu cu e começou a empurrar aquele pau quando passou a cabeça eu delirei de tesao e ele
enfiou o resto com uma força ele me comeu de uma forma q eu enlouquei ele metia com uma pressão que meu eu
naum recisti e gozei sem encostar no pau e ele falando pra mim quer mais rola putinhaa e eu gemia muito e falei
simm fode ate q ele falou vou gozar e tirou o pau e me puxou pelo cabelo lecando minha boca ate sua pica e
encheu minha boca de porra ai ele segurou minha cabeça e falou q naum era pra cuspir era pra engolir tudo ai eu
engoli utoda aquela porra que naum era pouca ai ele me levou pra casa e falou que queria me fuder dinovo....


Situação inusitada com policiais

0 comentários

Este não é um tipo de relato que me identifico pois narro comumente fatos verídicos que acontecem comigo atuando
entre os principais mas este é um pouco diferente.
Viajo constantemente pois mantemos duas casas por necessidades familiares. As localidades são próximas, quem
conhece a região sabe que de Curitiba ao litoral paranaense temos pouco mais de 1 hora de viagem.
Temos alguns outros veículos que também fazem o mesmo trajeto com grande frequência por motivos profissionais.
Chegando ao litoral tem um posto da policia que sempre está fazendo verificações e autuações no perímetro que
compete e com operação verão nada passa. Tivemos um de nossos veículos parado e existia uma irregularidade.
Após muita conversa o funcionário conseguiu liberação para sair e anotou o nome do policial que o liberou para um
agradecimento posterior.
Voltando em uma das viagens, em um final de semana, tarde da noite resolvi parar para verificar se o policial que eu
precisava conversar esta no posto ou então pedir o telefone para falarmos em outra ocasião.
Parei o carro um pouco antes do posto para não parar bem em frente sobre a pista e fui caminhando até chegar ao
prédio pois não tinha nenhum policial na pista. Ao aproximar-me do posto percebi através da sombra na veneziana
que alguém parecia estar se esticando, jogando a cabeça para trás, diminui o passo e evitei barulhos, percebi uma
fresta e comecei a olhar para dentro da sala.
O que pude perceber era um policial moreno, não muito alto, encorpado, bonito somente com uma camiseta dando a
sua rola para um outro policial de cabelos castanhos claros e arrepiados chupar.
Observei-se que o carinha que mamava tinha dificuldade e fazia ânsia devido ao tamanho e a vontade que estava de
meter tudo na boca. Confesso que não consigo mensurar o tamanho do material. O moreno sem dó nenhum segurava
o colega pela nunca e forçava fazendo caras de prazer. Não sei a quanto tempo estavam assim mas uns 2 minutos
depois disso o chupador levanta-se a abaixa as calças apoiando-se em uma mesa de costas para o policial moreno
deixando trânsito livre para rola babada.
Pelo visto sempre brincavam pois sem nenhuma dificuldade o policial moreno fincou vara no colega mais novo que só
levantou a bunda para receber mais e mais pica.
Eu olhando a cena já estava louco e pensando se deveria atrapalhar para tentar entrar na brincadeira ou somente
olhar. Fiquei meio receoso de chamar atenção e me segurei somente assistindo a cena.
Não houve mudança de posição nem mesmo durou muito tempo, após uns 3 minutos bombando o policial moreno
fala alguma coisa ao ouvido do clarinho, começa movimentos mais rápidos e o abraça com força demonstrando que
havia gozado.
Ele tira o pau do rabo do mais jovem e sai em direção a uma porta, deixando o mais branquelo levantando as calças.
Antes de ser percebido voltei rapidamente ao carro e sai passando em frente ao posto policial seguindo meu caminho
sem ser notado.
Fiquei muito curioso em saber o nome dos policiais que brincavam gostosamente... quem sabe na próxima participo.
Grande abraço a todos.


Venha fazer parte da nossa equipe...

0 comentários

Caros visitantes do Omega Gay venho a público pedir que tenham paciência, estamos passando por um momento muito delicado estamos praticamente sem nenhuma equipe muitos dos nossos postadores resolveram sair da equipe devido a falta de tempo para postar.
Para tentar resolver essa situação pesso a ajuda de vocês para que o blog continue sendo atualizado com frequência, pedimos que caso você tenha conhecimento na plataforma Blogger e tempo livre venha ser nosso postador.

Interessados entrem em contato com omegagay@ymail.com e caso seja um blogueiro e queira ser nosso postador daremos lugar de destaque ao seu blog em nossos parceiros.